• 28 Jan 2020

Revolução Francesa é assunto de intervenção teatral

Aconteceram durante a última semana, intervenções teatrais durante as aulas de História, dos 1ºs e 2ºs  anos, nas unidade Farol e Jatiúca. O momento, que faz parte da aplicação das metodologias ativas, tem instigado os alunos a uma maior participação como protagonista do próprio aprendizado.

Nos 2ºs anos, o assunto foi Revolução Francesa e o professor Sérgio Cordeiro comandou a garotada. Para ele, “essa forma de passar o conteúdo, ajuda os alunos a assimilar o conteúdo, porque a apresentação fica marcada, fixando melhor conteúdo”.

Já nos 1ºs anos, o assunto foi Pré-história e acabou com um debate sobre Criacionismo e Evolucionismo.

O professor Naéliton Santos, de teatro, participou das encenações como burguês e como cientista evolucionista, e afirmou que “o teatro tem a facilidade de passar o visual e auditivo e fazer com que eles possam trocar saberes, saindo ator e entrando o aluno com sua visão de conteúdo”.

A ideia é fazer com os próprios alunos atuem nas intervenções, para que todos aprendam de maneira mais lúdica.

Comentários