• 03 Mar 2021

Volta às aulas presenciais completam um mês

Na última segunda-feira, 01, completamos um mês de volta às aulas presenciais em sistema híbrido. Cerca de 70% dos alunos optaram por estar novamente nas salas de forma presencial quinzenalmente, conforme divisão de grupos adotada pela escola.

O fechamento das escolas por dez meses gerou um grande impacto na relação de ensino e aprendizagem. A migração brusca das salas de aula para o cenário digital, como uma das medidas para reduzir a contaminação, foi o único caminho para continuar o plano pedagógico.  Agora, com a retomada das aulas presenciais, haverá uma nova etapa, na busca da melhor adaptação da rotina escolar com todos os cuidados preventivos de contaminação. 

Para o diretor pedagógico do Ensino Médio, Ernesto Stadtler, “o retorno das aulas presenciais traz um novo estímulo para a comunidade escolar, pelo contato direto entre os alunos e o professor, isso dá mais liberdade para o aluno se expressar. Nas aulas on-line, muitas vezes o aluno fica com vergonha de interagir”.

Muitos pais já sentem a segurança de mandar seus filhos à escola, pois entendem que os protocolos dão esse sentimento e a educação vai muito além das aulas. “É muito importante para a socialização dos nossos filhos nessa volta, processo que foi pausado com a pandemia. O ensino presencial é muito melhor que o on-line, eles ficam menos dispersos, assimilam melhor o conteúdo e têm uma interação muito melhor com a escola”, afirma o pai Francisco José da Silva.

O diretor pedagógico do Ensino Fundamental, João Tomaz, também se mostra entusiasmado com o retorno das atividades. “Ver a emoção dos alunos ao retornarem é um dos pontos mais significativos dessa retomada das aulas presenciais. Os adolescentes não gostam de ficar sozinhos e o momento os faz voltarem a se relacionar uns com os outros, compartilhar experiências e viver essa nova fase”, conclui João.

Durante o período, não houve nenhum surto no ambiente escolar, apenas um número ínfimo de alunos e professores com suspeita de COVID-19, casos isolados que foram comunicados à escola e que levaram ao pronto afastamento do grupo por quinze dias, cumprindo o tempo de quarentena determinado pelo protocolo de segurança sanitária. Ressalte-se que a volta às aulas de forma presencial é opcional, ou seja, o aluno/família podem escolher a forma remota de estudar.

É importante lembrar que é responsabilidade de toda a comunidade escolar (pais, alunos, colaboradores etc) continuar obedecendo às medidas de segurança e distanciamento social,  preservando-se para cuidar da saúde de todos.

Clique aqui para ver nosso protocolo de retomada

Comentários